Nunca desligue fisicamente o computador sem antes fechar todos os programas, aplicativos, ferramentas, desliguem somente através do Sistema Operacional (Windows ou Linux) clicando no botão Inicial e por final Desligar o Computador, certificando anteriormente que fechou todos os aplicativos ou programas.

Não passar álcool ou produtos impróprios para a limpeza dos equipamentos, utilizar apenas produtos recomendados para equipamentos de informática;

Quando o tempo estiver chuvoso com trovoadas e raios, desligar os computadores e impressoras, em seguida tire o fio do estabilizador da tomada;

A utilização de Estabilizador é imprescindível para que seu computador não sofra nenhuma queima de componentes eletrônicos, tendo em vista que diariamente ocorrem variações na corrente elétrica, estes componentes eletrônicos são sensíveis a estas variações elétricas, podendo acarretar sérios prejuízos financeiro bem como perda a de dados. Para os casos de maior segurança de seus dados, recomenda-se utilizar No-break estabilizável, pois este equipamento além de estabilizar a energia elétrica possui baterias que mantém seu micro ligado por alguns minutos ou horas, tempo suficiente para que você desligar o microcomputador com segurança.

Sempre passe Antivírus nos seus discos: Disco rígido (H.D.), disquete e outras unidades de disco, devendo ser observado que o antivírus esteja atualizado. Este processo deve ser realizado antes de inserir novos arquivos em seu computador, mesmo quando não for inserido novos arquivos em seu computador é recomendado passar o antivírus pelo menos 2 vezes por semana para aqueles que utilizam a Internet.

Nunca abra e-mails desconhecidos ou sem procedência, pois ao abrir este e-mail você poderá esta recebendo na verdade um vírus que danificará seus arquivos, programas e sistema operacional, ainda através de vírus espião seus dados (informações) pessoais, tais como: número de conta bancária, cartão de crédito, CPF, endereço de e-mails, senhas, entre outros, podendo ser copiados e enviados as seus respectivos desenvolvedores (Hackers e Crackers). Outro alerta muito importante é quanto ao acesso a sites sem procedência tais como: sites de Hackers, Crackers, pornô, jogos, entre outros, pois ao acessar estes sites você poderá também estar receber vírus e programas espiões.

Procure sempre realizar copias (backups) de seus arquivos importantes, para não serem surpreendidos de possíveis perdas por fatores adversos orientados neste manual, os procedimentos de copias ou backups poderão ser realizado através de Disquetes, CDRoms / DVDRoms, H.Ds. secundários, Fita Data, Pen Driver e outros.

Como proteger o PC da poeira e da umidade?

Mais importante de tudo é manter o computador coberto com uma capa plástica enquanto estiver desligado. Isto reduzirá bastante a quantidade de poeira que se acumula no seu interior. Muitos não sabem que a poeira entra no computador mesmo quando está desligado, sem a ação dos seus ventiladores. Basta lembrar que aparelhos de som, rádio e TV acumulam muita poeira no seu interior e não utilizam ventiladores. A poeira não precisa de fluxo de ar para entrar, e sim, entra espontaneamente. Para proteger o computador da umidade é preciso colocar no seu interior (ou mesmo na sua parte externa, mas de tal forma que seja coberto quando a capa plástica for usada), um saquinho (que não deve ser de plástico, e sim de papel) com cerca de 100 gramas de sílica gel. A sílica atrairá para si a umidade que se aproxima do computador, reduzindo assim a quantidade de umidade que chega aos seus circuitos. Quando a sílica branca se torna amarelada, ou quando a sílica azul se torna rosada, significa que está saturada com água, e é preciso reciclá-la. Para fazer isto, devemos colocá-la no forno durante alguns minutos. A água irá evaporar e a sílica poderá continuar sendo usada.

Posso deixar meu micro ligado enquanto não uso?

Quando você liga e desliga o microcomputador repetidamente tendem a deteriorar os circuitos eletrônicos, devido ao stress térmico que ocorre no instante em que o computador é ligado. Quanto menos vezes um computador for ligado e desligado, melhor para a sua “saúde eletrônica”. Você não precisa chegar ao extremo de deixá-lo ligado 24 horas por dia, como alguns usuários fazem, mas contribuirá bastante se ligá-lo no início do dia e desligá-lo ao final. Sendo ligado e desligado apenas uma vez por dia, sua vida útil será bem maior. Caso prefira, pode desligá-lo na hora do almoço. O que você não deve fazer é ligá-lo e desligá-lo várias vezes por dia, como muitos usuários descuidados fazem.

É realmente preciso usar ar condicionado?

Não necessariamente. Quando o computador está localizado em um ambiente arejado e sem calor excessivo, e a ventilação do interior do gabinete está adequada, pode funcionar perfeitamente sem ar condicionado. Por outro lado, uma ventilação interna ruim pode resultar em problemas, mesmo quando o ambiente é refrigerado.

Qual é a ordem indicada para ligar e desligar o computador?

Não se deve de forma alguma usar o estabilizador como chave geral de ligação de um PC. Muitos usuários têm o mau hábito de deixar permanentemente ligadas as chaves do computador, do monitor e da impressora. Sendo todos ligados no estabilizador de voltagem, apenas este é ligado ou desligado. Ocorre que no instante em que um estabilizador é ligado, apresenta tensão elétrica acima do normal durante uma pequena fração de segundo. Para comprovar este efeito, basta ligar uma lâmpada no estabilizador, e poderá ser observado um brilho maior, por um tempo inferior a um segundo, no instante em que é ligado. O procedimento correto para ligar o equipamento é primeiro ligar o estabilizador, e depois ligar o computador (este sim pode ter o monitor ligado na parte traseira da fonte, ficando o monitor com o interruptor permanentemente ligado) e a impressora. Para desligar, devemos atuar sobre as chaves do computador e da impressora (em qualquer ordem), e por último, desligar o estabilizador. Usamos o mesmo procedimento quando no lugar do estabilizador existe um no-break.

Posso deixar o computador ligado 24 horas por dia?

Sim, isto pode ser feito com relativa segurança, apesar de não ser necessário. Primeiramente, é preciso ter o PC acoplado a um estabilizador de voltagem. O ideal é usar um no-break. Desta forma, falhas no fornecimento de energia (que tendem a ser muito comuns durante o verão) não causarão risco à integridade física do computador.

Como proceder quando falta luz?

Quando ocorre queda no fornecimento de energia, desligue imediatamente o computador e os demais equipamentos (desligar os botões). Espere até que a energia elétrica retorne. Depois de retornar, não ligue o computador imediatamente. Espere alguns minutos para ter uma certeza maior de que não ocorrerá outra queda.

O que pode ser mais frustrante do que seu notebook dar defeito? Pior ainda, é nosso equipamento dar problema por que nós o utilizamos mal ou somos negligentes com a sua manutenção.

Nesse caso, a lei de Murphy trabalha contra nós. Há casos de notebooks que caíram no chão e com exceção de um arranhão aqui e outro ali, continuou funcionando perfeitamente. Em contrapartida, há casos em que bastou a mochila escorregar do colo e bater no pé, e o resultado foi um notebook quebrado.

Com alguns cuidados, você pode bater de frente com Murphy e ter uma relação mais duradoura com o seu Notebook.

1) Sempre carregue o seu notebook dentro da maleta/mochila. O transporte é fundamental para aumentar a vida útil do seu equipamento. Carregar embaixo do braço, colocar coisas em cima, nada disso ajuda. Notebooks são repletos de conexões sensíveis e transportá-lo com carinho é a melhor coisa que você pode fazer.

2) Cuidado ao fazer uma limpeza. Muita gente simplesmente pega uma flanela, ou veja multiuso e passa na carcaça, na tela, só não passa no cooler porque fica embutido. Nenhum desses produtos é recomendado e pode danificar permanentemente a sua tela e manchar o seu notebook. No máximo, umedeça levemente uma flanela com detergente líquido neutro (1 ou 2 gotas) e passe gentilmente pelo case do notebook e pela tela.

3) Quando for demonstrar algo na tela, cuidado com o indicador. Muita gente tem mania de apontar o que quer mostrar na tela do computador, e quando aponta o indicador, o dedo praticamente fura a tela e sai do outro lado. Evite ao máximo contado dos dedos com a tela do seu laptop.

4) Mantenha o fio do seu carregador (fonte de alimentação) sempre enrolado e bem justo. É por isso que as fontes de alimentação vem com aquele velcro, para deixá-la sempre organizada. Claro que você pode desenrolar todo o fio caso precise utilizar uma tomada que está longe, porém depois disso organize o fio novamente. Nada de jogar ele todo embolado dentro da maleta. Com o tempo esse dobra e desdobra do fio vai deixando ele desgastado e o que acontece na maioria das vezes é que o fio desencapa na base da fonte ou na borda do conector que pluga ela ao notebook. É melhor cuidar dela do que comprar uma nova, que não é nada barata.

5) Evite ao máximo ingerir alimentos, principalmente líquidos perto do notebook. Se tem duas coisas que se atraem são copo de café + teclado de notebook. Restos de comida além de emporcalhar o seu computador, vai deixar o teclado gorduroso e gosmento, o que não é nem um pouco agradável também. Evite comer qualquer coisa que derrube farelo em cima do computador.

6) Jamais desmonte o seu notebook se não tiver conhecimento suficiente para isso. Normalmente, os notebooks são bem complicados de se desmontar, e o risco de sobrar um monte de parafusos depois da aventura é alto. Caso você ache que tem noção para isso, faça uma ordem cronológica do que for desmontando, se possível com fotos, para saber exatamente como remontar depois que o estrago já tiver sido feito.

7) O mesmo da dica anterior vale para Upgrades. Nada de trocar ou adicionar memória sem saber o que está fazendo. O melhor é pedir a algum amigo que seja técnico ou especialista para fazer isso por você.

8) Nunca quebre o pino do meio da tomada do seu laptop caso não encontre tomadas tripolares onde você estiver utilizando-o. Assim você estará danificando a estrutura de ligação elétrica e ficando sem aterramento. A melhor opção é comprar um adaptador de tripolar para 2 pinos e ligar a tomada normalmente. Ande sempre com esse adaptador na mochila.

9) Evite usar o laptop em superfícies que não sejam planas, como na cama por exemplo. Observe que embaixo do seu laptop há pequenas borrachas que elevam um pouco a sua altura em relação a mesa, fazendo com que o ar circule por baixo diminuindo o calor. Quando você coloca o notebook no colchão, por exemplo, o fluxo de ar embaixo do equipamento fica obstruído e o resultado é que o computador vai esquentar muito, causando travamento, derretimento dos fios mais frágeis, etc. Mantenha sempre o seu equipamento numa superfície plana ou compre um suporte para Notebook adequado para essas situações.

10) Não empreste o seu notebook, a não ser que seja para alguém de muita confiança.

E vida longa para seu computador!

As impressoras se transformaram, ao longo do tempo, em uma poderosa aliada não somente nos escritórios, mas também nos lares brasileiros. Embora muitos aplicativos e arquivos circulem apenas em versão digital, esporadicamente é preciso imprimi-los. A usabilidade de impressoras e multifuncionais atinge toda a família – o pai usa para visualizar planilhas; a mãe, para ter aquela receita deliciosa na cozinha; os jovens, para imprimir os trabalhos da faculdade; a criançada, para um resumo escolar. As aplicações são intermináveis, assim como os modelos oferecidos. Fato é que a manutenção das impressoras gera gastos. Não somente com peças, mas com os cartuchos de tinta.

Economizando

Algumas dicas podem fazer com que você tenha economia nesses momentos, principalmente quando for imprimir a partir de um site da internet. É sempre importante visualizar o que vai ser impresso. Por isso, vale a pena usar a função “Visualizar Impressão” do seu browser antes de iniciar o processo, para assegurar-se de que terá a informação exata que deseja na página impressa. Mesmo que o site contenha um botão indicando uma área especial de impressão, o “Visualizador” permite que você se assegure de que a margem está certa e de que não vai cortar nenhum dos dados necessários, pois algumas páginas da web são muito largas para alguns modelos de impressora. Por isso, caso seja preciso, ajuste a orientação de Layout de Retrato para Paisagem, para cobrir a área perdida.

Outra dica para reduzir ainda mais o consumo de tinta é selecionar o botão “Propriedades” e selecionar o modo “Impressão de Teste” em “Qualidade de Impressão”. O nome e o local dessa opção, porém, podem variar conforme o modelo da impressora. Outra dica: se a cor não for um fator relevante, assinale também o botão “Impressão em Cinza”.

Sem dúvida alguma, se você não vê importância em uma imagem que acompanha o texto a ser impresso, uma das formas mais econômicas de impressão é selecionar a parte relevante do texto, clicar em “Arquivo”, “Imprimir” e depois em “Seleção”, na área “Intervalo de Páginas”. Ou então, mais fácil ainda, dar o famoso Copy/Paste e imprimir a partir do WordPad ou do Bloco de Notas, que são programas que geram arquivos bem menores e somente textuais.

Um lembrete importante

Evite que os seus suprimentos de tinta sequem. Os cartuchos de impressora são como os tubos das canetas esferográficas, ou seja, possuem o péssimo hábito de secar devido à falta de uso. E justamente quando você precisa. A impressora, no entanto, é como um carro, que precisa ser ligado constantemente para evitar que o motor ou as engrenagens falhem. Por isso, é recomendado imprimir uma página colorida e outra em preto-e-branco pelo menos uma vez por semana, para manter o equipamento sempre em perfeito funcionamento.

Muita gente possui o hábito de comprar cartuchos remanufaturados. Esse tipo de suprimento tem um preço mais em conta do que os refis originais do fabricante da sua impressora. Porém, o barato pode sair caro. Aeconomia de tinta pode vir na forma de uma qualidade de impressão bem inferior. Portanto, faça a sua escolha baseando-se na sua demanda e no custo-benefício. Não só a qualidade poderá ficar comprometida, como a quantidade de impressões também tende a ser menor.

Mais alguns cuidados

Outro cuidado que se deve ter é o de evitar o entupimento dos cabeçotes. Se você é daqueles que têm a mania de tirar todos os equipamentos da tomada antes de desligá-los, então é melhor tomar cuidado. Quando a impressora é desligada, o cabeçote para em uma posição pré-configurada. Ao puxar o fio da tomada, você pode fazer com que o processo normal de desligamento seja ignorado, fazendo com que o cabeçote não estacione apropriadamente. Além do cabeçote entupir, o cartucho corre o risco de se secar. E aí, as despesas serão bem maiores.

A impressão consome papel. E o papel vem da madeira. Embora muitas empresas aleguem utilizar madeira de reflorestamento, é inevitável pensar que documentos impressos podem não ser reciclados, poluindo o meio ambiente. Por isso, antes de imprimir pense no seguinte: você precisa mesmo imprimir esse arquivo? Se precisar, ele pode ser impresso em frente e verso? Você já revisou e visualizou o arquivo para que não precise imprimi-lo novamente? Uma cópia não é suficiente? Se você imprime todo um documento, mas só uma página está errada, não pode imprimir somente esta página?

Imprima com qualidade, alta performance, baixos custos e responsabilidade ambiental. O seu bolso e o seu planeta, com certeza, ficarão gratos.

Rotina de Backup com cronograma rígido a ser seguido

Uma das coisas mais importantes e acredite até mais importante que a própria rede em funcionamento, é a integridade das informações de uma organização, imagine aquele banco de dado com informações de vários anos das transações financeiras da empresa corromper, ou mesmo planilhas e documentos para realizar controles diários.

Um Backup deve sempre ser acompanhado para não ter possíveis surpresas.

Proteção contra Invasores.

Lógico que um administrador de uma rede não ficará em uma caça a prováveis invasores, porém não deve ignorar a possibilidade de ser invadido por Hackers. Neste caso é bom verificar se a conexão com a internet está sendo protegida por algum firewall.

Limpeza de velhos arquivos no disco rígido do servidor de dados e arquivos.

Não espere que o disco rígido de seu servidor com 1 TB de espaço tenha apenas um cluster de espaço livre, sempre realize limpeza de arquivos desnecessários, 1 TB pode ser muito espaço para um usuário doméstico, mais quando tratamos de informações de grandes informações isto já não é suficiente em muitos casos.

Não fazer modificações em configurações sem o pleno conhecimento do assunto a ser executado.

Apesar de para muitos usuários o administrador ter que saber de tudo sobre a rede, isto não é uma realidade, pois pode existir um software novo no mercado onde o administrador da rede não tem conhecimentos específicos sobre como realizar configurações necessárias ao correto funcionamento do mesmo, neste caso e aconselhável que tire todas as dúvidas existentes com o fornecedor do software ou até mesmo agendar uma visita de um consultor especialista para orientar nas configurações e treinar o profissional como interagir e realizar as manutenções no mesmo.

Agendamentos antes de manutenções e paralisações da rede interna.

As redes tem seu funcionamento a partir de equipamentos de informática como: computadores, servidores, Switches, roteadores e etc.; sendo assim os equipamentos necessitam de manutenções periódicas em sua estrutura, sendo assim, estas paralisações da rede devem ter agendamentos para que todos usuários fiquem informados.

Estoque de alguns componentes essenciais.

Os componentes dos computadores como: mouse, teclado, placa PCI, Placa de rede entre outros, podem se danificar devido alguma ocorrência anormal em suas estruturas afetando assim seu funcionamento. Manter um estoque mínimo destes componentes seriam uma mão na roda nestes casos, pois assim não necessitaria comprar em cima da hora, causando atrasos e aumentando o valor do produto devido disponibilidade imediata em alguns casos.

Utilize softwares originais e licenciados.

Em uma rede a depender do sistema operacional aplicado deverão ser utilizados programas e sistemas proprietários, sempre mantenha em sua rede cópias genuínas, para assim manter todo parque de computadores legalizados e livre de programas piratas. Além de ser um crime utilizar sistemas e softwares proprietários sem pagar pelo seu licenciamento.

Treinar os usuários da Rede.

Sei que em alguns casos onde uma empresa mantém apenas um administrador de rede, esta tarefa se torna um pouco inviável ou até mesmo impossível, pois são muitas atribuições focadas apenas em uma pessoa, mais em caso de disponibilidade seria interessante realizar alguns treinamentos com os usuários para passar algumas informações sobre o funcionamento da rede e como agir em alguns casos específicos.

Manter um cronograma documentado da rede.

Esta é a parte mais crucial, pois se trata de manter um mapa atualizado de todos os componentes da rede. Isto é necessário pois, naquele caso onde o administrador sai de férias e seu chefe imediato contratou uma empresa para prestar este atendimento no período em que você não estará disponível, você não será contatado a todo momento por quem está em seu lugar, ou pior em casos piores quando um administrador é desligado ou vai em busca de novos desafios, e assim na contratação de um novo o mesmo ficar a ver nuvens na resolução de um problema.

Segurança no acesso as pastas compartilhadas nos servidores.

É bastante interessante manter documentação das autorizações de acessos aos diretórios compartilhados nos servidores da empresa para rastreabilidades em acessos suspeitos aos arquivos.

Estes são apenas alguns tópicos importantes que devem ser seguido pelos profissionais da área de redes